quinta-feira, 19 de maio de 2011

Humanismo 1 Ensino Médio



O Humanismo foi um movimento intelectual, artístico, político e econômico que ocorreu entre o século XIV e XVI, na Europa.

Intelectualmente, o Humanismo mudou o pensamento que, na Idade Média, era centrado na religiosidade católico-cristã quando Deus era referência para todas as realizações da humanidade: o denominado teocentrismo. Opondo-se a essa concepção, no Humanismo é formulado o antropocentrismo, pensamento que considera o ser humano como referência das relações com o mundo.

Ressalta-se que a religiosidade não foi abandonada, mas passa a ser vista por uma perspectiva onde a humanidade é protagonista.
Citamos, como exemplo, a escultura de Moisés, de Michelangelo, ilustração desta postagem; a personagem bíblica é humanizada, suas feições são moldadas tendo como modelo o ideal de beleza greco-romano que valorizava a perfeição física. Essa imagem se diferencia da maioria das imagens e esculturas da Idade Média, cuja a preocupação era apenas a representação da realidade e não sua imitação.

O Humanismo português, na literatura, ganha destaque por consagrar a prosa através das crônicas de Fernão Lopes, o teatro de Gil Vicente e a poesia de Luiz Vaz de Camões.

Na música, trazemos dois exemplos de compositores espanhóis, pela proximidade e influência que tinham em Portugal. Convivência muitas vezes pouco pacífica devido o episódio da União Ibérica, quando a Espanha governou Portugal de 1580 a 1640.
Fica a sugestão para ouvir a bela música do período do humanismo. Como sempre, a sugestão do mestre é que ouçam novas músicas, sem a obrigação de entender ou gostar, mas para saber outras formas de expressão.

Juan del Encina
Tomás de Victoria



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário